Finasterida causa infertilidade?

O normal é que nosso cabelo caia de 50 a 100 fios por dia.

Mais que isso, é importante ficar atento, pois pode ser um problema mais sério, como a alopecia androgenética.

Popularmente, essa condição é conhecida como calvície.

Embora seja mais associada a homens, ela também pode atingir mulheres.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cabelo (SBC), esse problema afeta mais de 42 milhões de brasileiros. Muita gente, né?

Independente do gênero, conviver com a alopecia androgenética está longe de ser uma tarefa simples e fácil.

Isso porque, mesmo ela não sendo letal, a calvície mexe diretamente com a autoestima de quem está passando por essa queda de cabelo.

No meio disso tudo, existe uma notícia boa: há tratamento.

As intervenções mais comuns são a utilização de perucas, transplante de cabelo, laser e eletroestimulação e o uso de cremes e remédios, como a Finasterida.

No entanto, há também quem não queira se tratar de forma correta, pois tem receio dos efeitos colaterais da Finasterida e deles serem irreversíveis.

Por exemplo: alguns homens não tomam esse medicamento justamente por medo de ficarem estéreis.

Mas será que, de fato, a Finasterida causa infertilidade?

Como usar finasterida para crescer cabelo

Causas da calvície

Certamente você já ouviu falar ou conhece alguém com calvície.

Porém, sabe o porquê ela surge?

Se existe alguma, qual principal causa que pode desencadear esse problema?

Bom, a alopecia androgenética acontece, principalmente, por conta da ação da testosterona.

É, por isso, que esse problema afeta mais homens do que mulheres.

No couro cabeludo, esse hormônio andrógeno sofre a ação da enzima 5-alfa-redutase.

Assim sendo, ele é transformado em dihidrotestosterona, também conhecido pela sigla DHT.

Dessa maneira, a calvície se dá por causa hormonal.

Porém, outros fatores também podem influenciar no afinamento dos fios e, consequentemente, na queda capilar, como:

  • Predisposição genética
  • Excesso de oleosidade
  • Uso frequente de produtos químicos
  • Problemas na tireoide
  • Carência de vitaminas
  • Ingestão de alguns medicamentos
  • Estresse e ansiedade

Para que serve a Finasterida

Como citamos anteriormente, um dos tratamentos mais conhecidos para tratar a calvície é o uso de medicamentos.

Nesse caso, um dos mais famosos é a Finasterida.

Esse medicamento é composto por duasdosagem: a Finasterida de 5mg que é indicada para casos de hiperplasia prostática benigna (HPB) e a Finasterida de 1mg de que é recomendada para quadros de alopecia androgenética. Mas como esse remédio age no organismo?

A Finasterida funciona bloqueando a ação da enzima 5-alfa-redutase.

Isso, consequentemente, impede a conversão de testosterona em DHT.

É dessa forma que impede a evolução da calvície.

Finasterida funciona? Tratamento com Antes e Depois

Efeitos Colaterais da Finasterida

Mesmo sendo bem tolerada pela maioria dos pacientes que fazem uso dessa medicação, a Finasterida, assim como qualquer outro remédio, também pode provocar alguns efeitos colaterais.

Estes, por sua vez, de forma leve não levam a descontinuidade do tratamento.

De acordo com a bula da Finasterida, alguns estudos foram feitos para analisar, acompanhar e comprovar as possíveis reações adversas.

Dessa maneira, os efeitos mais relatados por homens devido ao uso do medicamento foram a diminuição da libido e a disfunção erétil.

Ambos foram percebidos por menos de 2% dos pacientes.

No mais, nesses estudos, também foram notados algumas reações adversas incomuns.

A principal delas foi a diminuição do volume do ejaculado.

No entanto, esse efeito desapareceu nos homens que desejaram descontinuar o tratamento e em muitos que continuam seguindo a intervenção.

Já em outro estudo, o efeito de Finasterida no volume do ejaculado foi analisado e avaliou-se que não houve diferença comparado a aquele observado com placebo.

Após a comercialização do medicamento, os seguintes efeitos foram relatados:

  • Reações de hipersensibilidade como erupções cutâneas, urticária e edema nos lábios, língua, garganta e face (angioedema)
  • Depressão
  • Diminuição da libido que continua após a descontinuação do tratamento
  • Disfunção sexual: disfunção erétil e distúrbios de ejaculação foram percebidos

Conheça 5 hábitos que favorecem a calvície (perda de cabelo)

Finasterida causa infertilidade?

Diariamente, vemos por aí muitas dúvidas acerca do uso desse medicamento para o tratamento da calvície.

Questionamentos como “Finasterida causa infertilidade?” e “Finasterida diminui a testosterona?” são mais comuns do que vocês podem imaginar.

Em relação à primeira pergunta, não podemos dar uma resposta exata.

Alguns estudos mostraram que homens que tomaram a dosagem indicada para a calvície, Finasterida 1mg por dia, durante o tempo prescrito pelo médico, não tiveram alteração no espermograma.

No entanto, há também relatos de pacientes do gênero masculino que apresentaram modificações no espermograma enquanto estavam utilizando a medicação Finasterida.

Nesse caso, a infertilidade não é permanente: assim que o tratamento é descontinuado, após cerca de três meses há a reversão da esterilidade.

Com relação ao segundo questionamento, “Finasterida diminui a testosterona?”, a resposta é sim.

Como o medicamento inibe a transformação desse hormônio em DHT, o corpo passa a produzir menos testosterona.

Por mais que ajudemos aqui, é importante salientar que todas essas dúvidas e pontuações devem ser conversadas com o profissional que cuida de seu caso.

Ele poderá sanar todas as questões que ainda existe.

Sendo assim, procure um médico especialista na área.

E aí, gostou do nosso artigo?

Já usou Finasterida para tratar calvície?

Posso usar Finasterida para tratar calvície precoce?

Fontes:

https://consultaremedios.com.br/finasterida/bula#acao-da-substancia

https://vidafertil.com.br/remedio-para-calvicie-e-fertilidade-masculina-mito-ou-verdade/

https://www.robertofrancodoamaral.com.br/blog/finasteridacolaterais/

Escreva sua pergunta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.